O guia completo para começar com Email Marketing

Dicas

|

13 de janeiro de 2022

|

16 minutos de leitura

Hoje em dia, grande parte dos negócio, na hora de implementar uma estratégia de marketing digital, pensa em primeiro lugar nas redes sociais.
 
Porém, quando olhamos para a audiência e no nível de conversões em vendas, as redes sociais ainda deixam muito a desejar comparativamente com o Email Marketing.
 
Provavelmente já viu em inúmeros relatórios que o Email Marketing é o canal que apresenta um ROI mais elevado.
 
Além disso, este canal permite manter um relacionamento com os seus contatos, sendo um fator imprescindível para o sucesso de qualquer negócio.
 
Por onde começar?
Neste momento deve se estar a questionar: Ok, o Email Marketing é um fator-chave para qualquer negócio, mas como é que posso tirar proveito deste canal? Quais são os passos que devo seguir?
 
Como já referimos, o Email Marketing é o canal que apresenta o ROI mais elevado. No entanto, para maximizar este indicador é necessário seguir boas práticas.
 
Este guia vai orientá-lo no processo de introdução no Email Marketing e ajudá-lo a atingir os objetivos do seu negócio.
 
Etapa 1: Escolha o Software de Email Marketing certo
Ao começar com Email Marketing evite utilizar Softwares de Email Marketing gratuitos, uma vez que estará a utilizar um IP partilhado.
 
Deste modo, ao utilizar um IP partilhado estará a partilhar a reputação, quer ela seja boa ou má.
 
Portanto, a melhor opção é apostar num software dedicado a Email Marketing que possua todas as ferramentas necessárias para criar campanhas com sucesso.
 
Mas antes de começar a procurar, confira algumas das ferramentas obrigatórias para o software:
 
  • Landing Pages - esta ferramenta será a principal porta de entrada para captar subscritores e, assim, construir a sua lista de Emails.
  • Templates -  os templates vão ajudá-lo a manter o seu conteúdo visualmente atrativo, quer em termos de design quer em termos de copy. Desta forma, a união destes dois fatores-chave irá tornar as suas campanhas bem sucedidas.
  • Rastreamento - só conseguimos saber se uma campanha teve bom desempenho ou não caso estejamos a par das principais métricas, como Taxa de Abertura ou Taxa de Clique.
  • Integrações - O software escolhido deve permitir a integração com outras aplicações que impulsionam o seu negócio. Por exemplo, ao integrar o seu sistema com o WordPress, as novas subscrições realizadas no seu Website vão ser adicionadas automaticamente à sua lista de Emails.
  • Automação - Esta ferramenta é essencial uma vez que permite enviar, automaticamente, as mensagens certas para os seus subscritores num momento adequado. Por exemplo, através da automação de Email pode enviar um Email de boas-vindas aos novos subscritores que entraram na sua lista.
  • Segmentação - Todos nós gostamos de sentir que um Email foi enviado exclusivamente para nós, certo? A segmentação permite enviar Emails personalizados, baseando-se em informações que tem do seu público como: idade, género ou o tipo de comportamento que realizou com o seu negócio.
 
Um software com todos os recursos indicados
Um software de Email Marketing que oferece todos estes recursos e muito mais é o Closum.
 
O Closum é um software de Inbound Marketing que lhe permite captar, gerir e nutrir da melhor forma todos os seus contactos.
 
Além disso, oferece uma série de templates quer para Landing Pages, quer para Newsletters, que lhe permitem adaptar da melhor forma ao seu negócio.
 
Software de Email Marketing Closum

Todas estas ferramentas numa única plataforma:
  1. Importação e segmentação dos contatos
  2. Criação de campanhas de Email Marketing
  3. Relatórios individuais detalhados
  4. Criação de Landing Pages com um construtor Drag&Drop
  5. Serviço SMTP para envio de Emails Transacionais
  6. Criação de campanhas de SMS Marketing
  7. Suporte especializado disponível
  8. Marcação de contatos por Tags
  9. Automações Drip
  10. Integrações e plug-ins: PrestaShop e WordPress
 
Etapa 2: Definir o seu público
Para garantir um ROI elevado com Email Marketing é necessário que os seus Emails sejam relevantes para o seu público. E para isso, é necessário conhecer e entender o seu público-alvo. Desta forma, consegue adaptar as suas campanhas conforme as necessidades do mesmo.
 
Uma forma aconselhável de definir o seu público é desenvolver buyer personas.
 
Uma buyer persona é uma representação do público ideal e é criada com base em dados reais, pesquisa de mercado e feedback dos clientes.
 
Aqui estão duas boas razões pelas quais deve utilizar buyer personas no Email Marketing:

  • Permitem atrair pessoas certas para se inscreverem na sua lista de Emails. Desta forma, irá conseguir criar uma lista de Emails com subscritores interessados com o seu conteúdo e, consequentemente, irá obter melhores Taxas de Abertura e Cliques.
  • Facilita a criação de campanhas personalizadas, onde existe uma maior probabilidade de os subscritores tornarem-se clientes.
 
Etapa 3: Defina os seus objetivos
Antes de começar e enviar Emails é necessário, em primeiro lugar, saber o motivo pelos quais o vai enviar, certo? Por isso, definir objetivos é muito importante uma vez que serve como guia em três aspetos: quem quer atingir, tipo de Email adequado e o conteúdo nele presente.
 
Ter um objetivo específico em mente também irá permitir avaliar melhor o sucesso das suas campanhas.
 
Ao definir os seus objetivos deve sempre seguir uma estrutura SMART:

  • Specific (seja específico): os seus objetivos precisam de ser muito claros para que consiga direcionar da melhor maneira a sua campanha. Portanto, em vez definir como objetivo "aumentar as vendas", defina-o antes como "aumentar as vendas em 10% no primeiro trimestre";
  • Measurable (defina objetivos mensuráveis): os seus objetivos devem ser métricas que possam ser medidas. Por exemplo, é mais fácil medir quanto vendeu com uma campanha de Email, do que um objetivo como "melhorar a experiência do cliente";
  • Attainable (defina objetivos atingíveis): definir metas irrealistas muitas vezes leva à decepção. Portanto, tenha em consideração as suas capacidades e recursos disponíveis e defina metas realistas;
  • Realistic (seja realista): este ponto está muito ligado com o anterior. Tome ações que correspondam à sua realidade atual e caso veja que algo não está a tomar o rumo correto,reavalie e reestruture os seus planos;
  • Time-bound (com prazo definido): as suas metas devem ter uma data de início e término. Isso irá permitir acompanhar as suas campanhas ao longo do tempo e realizar ajustas sempre que necessário.
 
Etapa 4: Comece a construir a sua lista
Depois de definir quem pretende atingir e quais os seus objetivos, a próxima etapa é construir uma lista de Emails para começar a enviar as suas campanhas.
 
O principal objetivo é aumentar a sua lista de Emails e desenvolver relacionamentos sustentáveis com os mesmos.
 
Confira algumas das formas de criar uma lista de Emails:
 
  • Importar os clientes existentes para uma lista
Caso tenha uma lista de clientes atuais e os seus endereços de Email, poderá começar a importa-los para o seu software de Email Marketing.
 
Nota: Antes de enviar Emails aos seus clientes é preciso, em primeiro lugar, ter a sua permissão devido ao RGPD e aos regulamentos de Email Marketing.
 
Com o Closum, pode facilmente importar contactos de um arquivo XLSX para a sua lista.
 
  • Incorpore formulários de inscrição no seu site
Os formulários de inscrição incorporados no seu Website podem ser altamente eficazes caso estejam presentes em áreas de alto tráfego do seu site.
 
  • Promova a sua lista nas redes sociais
Para incentivar a entrada de novos subscritores para a sua lista, promova uma Landing Page específica paca a captação de contatos e em troca ofereça um material valioso como um e-book, curso gratuito, checklist.
 

Etapa 5: Planeie os Emails a enviar
Existem diversos tipos de Emails que pode enviar aos seus subscritores dependendo do seu objetivo estipulado.
 
Vejamos quais são os principais tipos de Emails:
  • Email de boas vindas
Este é o primeiro Email que deve enviar aos seus subscritores após se inscreverem na sua Newsletter. Este tipo de Email é um dos mais importantes uma vez que define o tom que vai comunicar com os seus subscritores. Além disso, este tipo de Email é uma oportunidade para definir as expectativas dos seus subscritores, informando-os sobre o tipo de conteúdo que irá enviar e a frequência.
 
  • Email promocional
O Email promocional é utilizado com o objetivo de aumentar o conhecimento de um produto ou serviço, gerar vendas ou melhorar a retenção de clientes.
  • Newsletters
Este tipo de Email é o mais comum e tem como objetivo educar os subscritores sobre a área de negócio que atua. Um parâmetro que deve ter sempre em conta é agregar valor aos seus subscritores, entregando conteúdo relevante.
  • Emails transacionais
Estes Email são mensagens que indicam algo já esperado pelos seus subscritores, como informações para os utilizadores confirmarem um pedido, uma compra, troca de palavra-passe, receber um Ebook, entre outros. O principal foco dos Emails transacionais são a confirmação e não a descoberta, uma vez que apenas são enviados após o subscritor realizar uma ação e esperarem algo em troca.

 
Etapa 6: Crie Templates para os seus Emails
design do seu Email pode ser um fator chave para o sucesso das suas campanhas.
 
Os leitores são mais propensos a lerem um Email caso este esteja com um design apelativo e com uma boa legibilidade. Desta forma, combinar o conteúdo presente nos seus Emails com um design apelativo resultará em Taxas de Cliques mais elevadas.
 
E para garantir que envia Emails bem estruturados aos seus subscritores criar Templates de Email é um fator chave.
 
Os Templates de Email juntamente com a ferramenta Drag&Drop funcionam bastante bem. Estas duas ferramentas permitem substituir o texto e a imagem de forma rápida e, assim, reutilizar várias campanhas com conteúdo diferente.
 
Uma dica é criar diferentes templates para os diferentes tipos de Emails que irá enviar e, desta forma, irá poupar tempo e esforço, mantendo a consistência da sua marca.
 
 
Etapa 7: Comece a enviar Emails
Agora que já definiu o seu público, definiu os seus objetivos e construiu Templates adequados, a próxima etapa é começar a enviar Emails.
 
Antes de enviar a sua primeira campanha é importante ter em conta que o Email Marketing é um jogo de longo prazo. Ao enviar Emails regularmente para o seu público irá obter insights valiosos para melhorar o desempenhos das suas futuras campanhas.
 
Por exemplo, ao analisar a sua Taxa de Cliques consegue entender qual o tipo de conteúdo mais relevante para o seu público.
 
Conheça algumas dicas que o vão ajudar a obter melhores resultados:

  1. Segmente a sua lista de contatos
A sua lista de contactos é formada por indivíduos interessados em diferentes tipos de Email. Portanto, a segmentação permite que envie mensagens relevantes para os seus subscritores e quando mais relevante for, melhor será a sua Taxa de Abertura e Cliques.
 
  1. Personalize os seus Emails
A personalização melhora significativamente o desempenho dos seus Emails, incluindo a Taxa de Abertura.
Para começar a personalizar as suas campanhas pode adicionar o nome do subscritor na linha de assunto ou na introdução do Email.
Para uma personalização mais avançada, tire proveito da segmentação para enviar Emails diferentes a diferentes audiências consoante as suas necessidades e interesses.
 
  1. Torne os seus Emails compatíveis com dispositivos móveis
Cerca de 74% dos utilizadores verificam os seus Emails através de telemóveis. Portanto para garantir um boa compatibilidade com este tipo de dispositivo siga estes parâmetros:
  • Certifique que os botões de CTA estejam visíveis e grandes o suficiente para que os leitores possam clicar facilmente neles em dispositivos móveis. Caso tenha vários CTAs, considere deixar um espaço considerável entre eles;
  • É recomendado utilizar layouts com apenas 1 coluna. O uso dos layouts desta forma facilita a leitura em qualquer dipositivo, com uma largura de até 640 pixels, o que garante que nenhum conteúdo fique fora do campo de visão;
  • Hierarquize e priorize o conteúdo para que seus Emails possam ser lidos facilmente, mesmo em telas pequenas.

  1. Escolha estrategicamente o endereço de remetente
Estudos mostram que 64% dos subscritores abrem um Email com base na origem do mesmo. Portanto, evite enviar Emails de um endereço: [email protected] e comece a enviar as suas campanhas onde o nome do remetente é um membro da sua equipa, por exemplo.
 
Além disso, deve manter o mesmo remetente sempre que enviar Emails, assim torna-se mais fácil para os subscritores reconhecerem as suas mensagens na sua caixa de entrada.
 
  1. Utilize uma linha de assunto eficaz
A linha de assunto está inteiramente relacionada com a Taxa de Abertura das suas campanhas.
 
Para criar linhas de assunto eficazes, em primeiro lugar, deve assegurar que esta contém até 50 caracteres. Caso a linha de assunto for muito longa, será cortada e o leitor não verá a mensagem completa na caixa de entrada.
 
De seguida, a linha de assunto deve comunicar claramente do que se trata o Email. Pode utilizá-la para comunicar o tipo de conteúdo que o leitor poderá obter ao abrir o seu Email ou pode criar um senso de urgência ou curiosidade.
 
  1. Limpe regularmente a sua lista de Email
Ao longo do tempo a sua lista de contatos vai se deteriorando, devido a Emails inválidos ou até mesmo a contatos que não abrem as suas mensagens.
 
Independentemente do motivo, ao eliminar este tipo de contactos fará com que a sua lista se torne mais saudável e, consequentemente, as suas campanhas terão melhores resultados.
 
Além disso, a sua Taxa de Entrega irá melhorar uma vez que ao realizar uma limpeza regular irá obter menos Taxas de Rejeição e reclamações de Spam.


Etapa 8: Analise os resultados obtidos
Depois de enviar o seu primeiro Emails, a próxima etapa é começar a analisar os resultados obtidos das suas campanhas. Estes insights vão permitir identificar quais as estratégias que estão a funcionar melhor ou não.
 
A maneira mais fácil de analisar estes resultados é utilizar um software de Email Marketing como o Closum. Os relatórios do Closum permitem-lhe entender detalhadamente como os seus subscritores interagem com os seus Emails.
 
Conheça os principais indicadores de performance que deve ter em conta ao realizar a sua análise:

  • Taxa de Abertura: representa a percentagem dos seus subscritores que abriram um Email. Além disso, oferece uma visão sobre o envolvimento dos seus assinantes com os seus Emails e a eficácia dos assuntos dos mesmos.
  • Taxa de Cliques: representa a percentagem de pessoas que clicaram nos links de um determinado Email. No Closum, a Taxa de Cliques e calculada automaticamente. Porém caso pretenda calculá-la manualmente, divida o número total de pessoas que clicaram num link pelo número de Emails entregues e multiplique por 100.
  • Taxa de Entrega: é número de contactos para o qual um Email foi enviado e a quantidade de pessoas que efetivamente recebeu esse Email.
  • Bounces: bounce rate ou taxa de rejeição pode dividir-se em dois tipos: soft bounce e hard bounce. O soft bounce acontece quando o destinatário não recebe a mensagem na caixa de entrada por motivos como a caixa de entrada cheia ou porque o Email foi para o Spam. Já o hard bounce acontece quando um endereço de Email já não existe e, por isso, é recomendado eliminá-lo da sua lista.
  • Reports de Spam: número de pessoas que reportaram o seu Email como Spam.
  • Unsubscribers: representa o número de pessoas que cancelaram a subscrição. Para determinar a percentagem de Unsubscribers é necessário dividir o número de cancelamentos pelo número de Emails entregues, a multiplicar por 100
 
Ao analisar estras métricas terá uma visão sólida do desempenho das suas campanhas de Email. Assim, poderá ver o que está a correr bem ou mal e quais as áreas que necessita de melhorar. Por exemplo, se a sua campanha está a obter Taxas de Aberturas, talvez seja necessário melhorar a linha de assunto.
 
Agora tudo depende de si!
 
Registe-se gratuitamente em www.closum.com para ter acesso a uma ferramenta de Email Marketing que oferece todos os recursos que precisa para construir campanhas de Email Marketing com grande impacto.

"Geração de leads é uma atividade central de marketing"

Chris Brogan