Público-alvo vs Personas: Descobre as diferenças!

Dicas

|

9 de janeiro de 2019

|

4 minutos de leitura

Todos nós queremos ter um marketing que traga resultados, mas sabes qual é o elemento que difere um marketing eficiente de um que não traz resultados? Segmentação!

Não basta fazeres campanhas e esperar por resultados! Para conseguires ter campanhas que te tragam retorno, deves em primeiro lugar conhecer o público que tem mais potencial para comprar o teu produto/serviço. Só depois de teres isto alinhado é que deves preparar uma campanha que comunique diretamente com ele.

Mas como é que sabes que pessoas abordar?

Existem duas formas de o fazer e com características diferentes:

  • Público-alvo;
  • Personas;

Neste artigo, o que queremos é dar-te a entender a diferença entre ambos e como os deves criar e utilizar na tua empresa.


O público-alvo é um conjunto de informações sobre possíveis clientes. Costuma ser o 1º passo para iniciar uma campanha de marketing. Por norma, são informações como:

  • Formação;
  • Sexo;
  • Idade;
  • Profissão;
  • Localidade;
  • Interesses.

Este público-alvo, mesmo sendo um bom início para criação de campanhas de marketing, tem caído cada vez mais em desuso. E porquê?

Atualmente, com os hábitos de consumidor, o marketing digital oferece a informação e segmentação essencial para que as campanhas sejam realmente eficientes. Com isto, conseguimos ter uma ideia mais precisa do nosso cliente ideal.


Que benefícios traz o público-alvo?
Esta segmentação pode ser muito benéfica quando criamos um novo produto ou precisamos de estudar o mercado. Exige uma menor pesquisa do que opções mais detalhadas.

Pode também ser ótimo para definir que tipo de campanhas e canais funcionam melhor. 

Exemplos de público-alvo

  • mulheres, de 25 a 40 anos, licenciadas, moradoras no Norte do país e que têm cuidado com o corpo;
  • homens, de 40 a 50 anos, moradores em Lisboa, casados e que vêm notícias online;
  • empresas de tecnologia, PME’s, com departamento de marketing.


Como posso definir o meu público-alvo?
De forma a facilitar qual é o seu público-alvo deves responder às seguintes perguntas:

  • O produto/serviço destina-se a empresas ou pessoas?
  • Se respondeu a empresa, que tipo de empresas?
  • Se respondeu a pessoas, a que tipo de pessoas? E que género? Idades? Formação? Interesses?
  • Frequência que o produto/serviço vai ser consumido.
  • Que região funcionará melhor?

Se já tens clientes, pode ser mais fácil responder a isto, analisando os clientes atuais.

Podes também procurar estudos já feitos relativos ao seu setor.


O que é uma persona?
Lembraste de falarmos que o público-alvo está cada vez mais em desuso? Pois, são estas personas que tem levado a isso.

Uma persona é um perfil fictício do teu cliente ideal. Com isto, consegues entender o que ele precisa e abre-te horizontes para novas estratégias de marketing.

Em suma, as personas trazem mais detalhes e assim consegues segmentar e comunicar de forma mais eficiente.
 

Que benefícios traz a persona?
Para além de teres uma segmentação mais eficiente, obténs mais informação detalhada como:

  • Que redes sociais investir em anúncios;
  • Que assuntos abordar;
  • Oportunidades de upsell e cross sell;
  • Melhores momentos para ofertar um produto;
  • Estilo e periodicidade do email marketing.

 Com isto, os resultados podem ser maiores. 

Exemplos de Persona

  • Cláudia tem 30 anos, é licenciada e trabalha como supervisora de qualidade. Ganha entre mil e 2mil euros, é solteira e bem resolvida profissionalmente e gosta de compras pela internet. Costuma seguir influencers digitais de moda e beleza no Instagram e blogs. Mora em Lisboa e sai todas os fins de semana com as amigas para bares. Gosta de estar bem-vestida e se sentir bem, dentro e fora do trabalho.
  • João tem 60 anos, trabalha como segurança, tem o ensino secundário e ganha entre 600 e 1000 por mês. Gosta de comprar jornais a caminho do trabalho diariamente e procura gastar pouco com esse hábito. É casado e tem 2 filhos que já estão na escola, perto de sair de casa. Aos fins de semana, João gosta de ir a bares com os amigos ou ir ao estádio acompanhar os jogos da sua equipa.


Como posso definir as minhas personas?
Neste caso, não podes ir á procura ou de tentar adivinhar. É necessário fundamentar a escolha com base nos resultados obtidos.

Para encontrares estas personas, deves responder a algumas questões:

  • Que características físicas, psicológicas tem o seu potencial cliente?
  • Que atividades realiza? Hobbies?
  • Que tipo de formação tem?
  • Que objetivos de vida tem?
  • Como posso ajudar?

O público-alvo e as personas são importantes em diferentes etapas do marketing.

Enquanto o público-alvo fornece informações mais gerais sobre o cliente ideal, a persona traz um maior nível de detalhes. Isto ajuda a tua equipa de marketing a criar uma maior relação e a visualizar a melhor linguagem e abordagem nas campanhas.

"Todos os emails são uma oportunidade para testar um diferente benefício ou ângulo."

Heather Morgan, Colunista da Inc. Maganize