5 truques de Facebook ADS e Google ADS!

Dicas

|

27 de setembro de 2019

|

2 minutos de leitura

Nos dias que correm, o nosso público-alvo é cada vez mais digital, com maior possibilidade de escolha e cada vez mais inteligente na tomada de decisão. Ou seja, isto só dificulta o trabalho da equipa de marketing aquando da promoção de campanhas!  

Todos nós sabemos que em Portugal, 6 em cada 10 pessoas, têm pelo menos uma conta ativa numa rede social e para além disso que diariamente utilizam o Google para encontrar respostas às necessidades que enfrentam.

Então, como podemos melhorar a nossa conversão e incluir campanhas que nos tragam resultados no nosso planeamento de marketing?

 

1 – Campanhas de aniversário

Quem é que não gosta de receber um presente no seu aniversário?

Então, porque não planeamos uma campanha quase que vitalícia em que apenas será segmentada para as Facebookers que façam anos nos próximos 2 ou 3 meses?

Interessante? Pois, o Facebook permite criar anúncios em que na definição de nosso público-alvo podemos pesquisar por comportamentos e um dos pontos lá pretendes é mesmo o aniversário dos Facebookers.



Rapidamente entendemos que nos próximos 2 ou 3 meses podemos atingir entre 3 a 9 mil pessoas em Portugal.

 

2 – Exclusão de pessoas

Faz sentido promovermos a nossa campanha para as pessoas que gostam da nossa página do Facebook?

Aqui pode ser um bocado controverso e para uns faz e para outros não, mas porque não aproveitar o nosso investimento e procurar pessoas que não nos seguem e deram um “like” à nossa página?

No Facebook, podes então excluir as pessoas que gostam da tua página.

 

3 – Definição do objetivo

Uma das coisas que mais gera dúvidas na promoção de uma campanha é o objetivo. Então é essencial definir qual o objetivo daquela campanha, se queremos chamar a Atenção, despertar Interesse/Desejo ou que o nosso público-alvo tome uma Ação. Se reparamos bem, na escolha do objetivo, temos um funil de marketing:

 

4 – Palavras negativas

Na criação de campanhas de adwords a intenção é o nosso negócio aparecer quando alguém faz uma pesquisa no Google, em que pagamos por cliques numa palavra-chave (keyword) definida por nós.

No entanto, nem sempre conseguimos adivinhar o que se pesquisa no Google, então se tivermos como keyword a palavra “Ginásio” e alguém pesquisar por “Pavimento para Ginásio” vamos pagar por essa pesquisa, caso cliquem.

Então, daí falarmos em palavras negativas, aqui fazemos o inverso, apostamos em palavras onde não queremos aparecer.



 

5 – Palavras a apostar

Afinal, que keywords devemos utilizar nas nossas campanhas de adwords?

Existem ferramentas onde conseguimos saber em que palavras devemos apostar nos nossos anúncios. Aqui é importante analisar o número de pesquisas mensais.

O Google fornece um Keyword Planner onde conseguimos obter esse tipo de respostas.

 

Complicado? Nós ajudamos!
Pede-nos já ajuda nos teus anúncios de Facebook ou Google.

"Os sucessos de uma organização são o resultado do esforço combinado de cada indivíduo"

Vince Lombardi, primeiro treinador a vencer o SuperBowl