7 tipos de emails para recuperar os carrinhos abandonados!

Dicas

|

3 de outubro de 2019

|

3 minutos de leitura

Boas ou más notícias primeiro?

Bem, neste caso vamos começar pela más, desculpa!

Mais de 75% das pessoas abandonam os seus carrinhos “digitais”. Em lojas de e-commerce, 3 em cada 4 pessoas que adicionaram algo aos seus carrinhos, saem sem pagar.

Estas são as más noticias, as boas é que:

  • Consegues repescar um monte delas (cerca de 10% ou mais) e leva-la a comprar
  • Consegues programar isto uma única vez e obter resultados sem mais trabalho

Mas o que é que faz de uma estratégia de recuperação de carrinhos abandonados, por email, especial?
Em média, os emails de e-commerce têm uma taxa de abertura de cerca de 15%. No entanto, quando passamos para os emails de e-commerce, relativamente a carrinhos abandonados, este valor explode para cerca de 45%. De 1 pessoa e meia em cada 10, passas para 4 pessoas e meia sem grandes esforços.

O que é um email de carrinho abandonado?
Um email de carrinho abandonado é uma email de follow-up enviado para os visitantes que saíram da loja sem pagar o carrinho deles. Este tipo de emails são enviados normalmente às pessoas que saem na altura do checkout, e conseguimos recuperar cerca de 10% das receitas perdidas.

Se ainda não estás convencido:




De 100 pessoas que receberam um email de carrinho abandondado, 45 abriram, 21 clicaram e 10 finalizaram a compra. Afinal, 10 vendas é melhor que 0 certo?


7 estratégias de emails de carrinho abandonado

  1. Constrói um assunto de email bem trabalhado

Cerca de 64% das pessoas decide se vai ou não abrir o email com base no assunto. Por isso, tenta ao máximo utilizar estes pontos:

Nome da empresa: Mostra-lhes quem é que quer falar com eles

Nome do cliente: Personalização do email ajuda nas aberturas

Tom amigável: Envia este e-mail como estivesses a falar com um amigo

Nome do produto e detalhes: Lembra-os do que deixaram abandonado

Urgência: Cria urgência para que saibam que podem perder aquele produto

Simplicidade: Mantêm o mais simples possível, a decisão de abertura é feita em segundos

  1. Escolhe um call to action claro

Qual é o melhor call to action?

“Regressar ao carrinho”

Tenta evitar palavras como “compra” ou “paga” nos call to actions, isto significa que queres levar a pessoa a fazer algo que pode ainda não estar pronto.

  1. Cria um copy que “brilhe”

Procura passar a ideia que o teu produto o vai ajudar a combater aquela necessidade que teve, mas não concluiu.

“Esqueceste-te da tua preciosidade?”

  1. Mostra o teu produto

Mostra exatamente o que foi deixado para trás no carrinho. Muitas vezes, as pessoas já nem se lembram em que produtos clicaram no “adicionar ao carrinho”.

  1. Cria urgência

Eis algumas das formas mais populares de criar urgência nos e-mails:

  • Mostra o que o artigo pode ser vendido rapidamente
  • Reserva o artigo por um tempo limitado
  • Se for uma edição limitada, salienta que pode não voltar a existir
  • Gera um alerta com o número de pessoas que já adicionar aquele artigo ao carrinho

  1. Oferece alternativas

Aqui estão algumas ideias para incluir no e-mail de recuperação do carrinho que não vai distrair do foco principal:

  • Coloca acessórios que combinem com o produto principal
  • Mostra diferentes cores e padrões do mesmo produto
  • Se estiver em promoção o produto, coloca outros produtos relacionados também em promoção. Aqui pode ajudar a atingir o free shipping.

  1. Utiliza reviews e provas sociais

Converte aqueles menos convencidos com reviews. Pesquisa entre todas as reviews e utiliza aquelas com melhor classificação.

 

Não sabes qual é que deves utilizar? Ou se deve utilizar todos?

Pede-nos ajuda!

"Se todos estiverem a avançar juntos, então o sucesso toma conta de si."

Henry Ford, fundador da Ford