Testar até à perfeição com testes A/B

Dicas

|

24 de setembro de 2020

|

3 minutos de leitura

Fazer testes é uma forma de aferir conhecimento ou confirmar um diagnóstico. Nos negócios, e principalmente na geração de leads, fazer testes pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso. Ou seja, entre uma campanha gerar leads que convertem ou não. Assim, uma boa campanha tem sempre de ter em conta a relação entre a quantidade de leads gerada e a conversão dessas leads.

Afinal, de nada adiantará gerar imensas leads, se depois ninguém comprar o produto ou serviço. Neste caso, claramente algo estará a falhar, e é preciso perceber o quê. É aí que os testes A/B podem dar uma ajuda preciosa.

Além disso, fazer testes também irá permitir conhecer melhor o Cliente. Com o tempo, essa informação irá continuamente melhorar as campanhas, permitindo cada vez melhores resultados.


O que é o Teste A/B?

De uma forma simplista, e como o nome sugere, um teste A/B testa duas hipóteses a dois grupos diferentes. Significa isto que, mediante um grupo que será impactado pelo teste, metade vê a campanha de uma forma, e a outra metade de uma forma diferente.

Este grupo é designado de amostra, devendo ser constituído por pessoas que representem o público-alvo da campanha.

Deste modo, é essencial definir bem o público-alvo e, de seguida, criar personas que o representem. Estas personas não são mais do que personagens fictícias, com nome, profissão, idade e interesses, que representam o grupo de Clientes. O objetivo? Criar campanhas com os Clientes em mente. No fundo, será mais fácil criar uma campanha para a Maria, que tem 32 anos, é professora e gosta de correr, do que para um grupo de mulheres, entre os 25 e os 35 anos, que praticam desporto.

Voltemos aos testes A/B. Decorrido um determinado período, está na altura de olhar para os resultados. Naturalmente, a versão que tiver melhores resultados, nomeadamente no que diz respeito à conversão de leads, será a selecionada.


Como fazer Testes A/B?

Os testes A/B podem ser usados em vários tipos de ações de Marketing, sempre com o objetivo de melhorar os resultados de conversão.
Assim, se tiver uma campanha de geração de leads, que comece com email Marketing, pode testar vários elementos nesse email como:

  • o assunto
  • a imagem principal
  • a mensagem da campanha
  • o formulário de recolha de leads
  • a cor, localização e texto do botão para geração de leads 

Isto mesmo se aplica a outros tipos de campanha ou suportes, como por exemplo landing pages. Nestas, pode testar a localização dos botões de conversão, as cores ou a mensagem. 

Mas podes testar essas variáveis todas ao mesmo tempo? À partida não. Se assim o fizeres, como saberás qual foi a variável responsável pelos resultados? Esse é um dos pontos mais importantes ao fazer um teste A/B - testar uma variável de cada vez. E dar tempo para perceber a influência nos resultados.

O outro ponto importante é saber quando testar. À partida, o mais correto será testar quando a campanha já tiver começado, para poder experimentar uma versão B da mesma e comparar resultados.


Quais as
conclusões e os benefícios de fazer Testes A/B?

Os testes A/B são uma forma simples de melhorar resultados, no decorrer de uma campanha. Assim, ao invés de esperar que a campanha termine, podes avaliar e corrigir enquanto a campanha dura. No fundo, com o mesmo investimento, conseguirás um melhor retorno.

Na verdade, os benefícios não se resumem a campanhas, podendo aplicar-se aos meios de comunicação próprios, como o website. Com um simples teste, é possível melhorar o desempenho do site e angariar mais e melhores leads. Por vezes, sem investimento associado, a não ser o tempo.

Claro que todas estas iniciativas têm sucesso quando assentam numa estratégia continuada, com os meios adequados. Assim, à medida que um negócio cresce, será muito difícil gerir leads sem um software próprio, que faça a sua gestão. Quanto melhor a gestão, maior a conversão. Com um software de gestão de leads, vais conseguir melhorar a eficácia do teu negócio, convertendo as tuas leads em Clientes fidelizados.


Subscreve a newsletter da
Closum e recebe muitos outros conselhos para melhorares o desempenho no teu negócio.

 

 

"A equipa de vendas tem o funil de vendas. Mas como marketer B2B, tu alimentas o topo do funil deles."

Doug Kessler, Diretor Criativo da Velocity Partners